Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Livro "P14311", de Diego Di Niglio, lançado em março no Arquivo Público de Pernambuco
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Livro "P14311", de Diego Di Niglio, lançado em março no Arquivo Público de Pernambuco

  • Publicado: Segunda, 16 de Abril de 2018, 11h12
  • Última atualização em Segunda, 16 de Abril de 2018, 14h47

 Imagens do político, líder comunista e ex-sargento do Exército brasileiro GREGÓRIO BEZERRA no Livro "P14311", de DIEGO DI NIGLIO, lançado em março no Arquivo Público de Pernambuco. Em 2011, o Ministério da Justiça, por meio da Comissão da Anistia, iniciou o projeto Marcas da Memória – História Oral da Anistia no Brasil, entrevistando cerca de 100 pessoas vítimas de perseguição política, prisão e tortura durante a ditadura civil-militar (1964-1985). Partindo desse material, Diego Di Niglio investigou as histórias e universos afetivos de pessoas atingidas pela repressão. Pesquisou e utilizou também o acervo do DOPS-PE, que está em processo de digitalização em parceria com o Arquivo Nacional/Centro de Referência Memórias Reveladas.  O ensaio conta com uma média de 100 imagens, compondo uma narrativa visual baseada nas memórias de cerca de 30 pessoas. A pesquisa foi realizada ao longo de 4 anos, entre 2014 e 2017, em Pernambuco, entre Recife, Olinda e o antigo Engenho Galileia (Vitória de Santo Antão), sede da primeira Liga Camponesa do Nordeste e onde foi gravado o célebre documentário “Cabra marcado para morrer”, de Eduardo Coutinho. O título 'P14311' faz referência ao registro do processo de prisão do pernambucano Gregório Bezerra (1900-1983), que, por conta de sua militância, passou, no total, 23 anos preso, em diferentes épocas e presídios. 

Sobre o fotolivro, saiba mais em: https://p14311.org/2018/03/12/lancamento-fotolivro-p14311/  Sobre Gregório Bezerra: http://memoriasdaditadura.org.br/…/gregorio-beze…/index.html 

registrado em:
Fim do conteúdo da página