Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > A repressão > As Divisões de Segurança e Informações
Início do conteúdo da página
A repressão

As Divisões de Segurança e Informações

Envio em: Quinta, 24 de Novembro de 2016, 22h00 | Voltar à página anterior

As Divisões de Segurança e Informações (DSI) foram organizadas pelo Decreto 60.940, de 4 de julho de 1967, substituindo as Seções de Segurança Nacional (SSN), órgão criado no governo de Eurico Gaspar Dutra. Em cada ministério civil e em seus órgãos vinculados deveria ser organizada uma DSI, ligada ao gabinete do Ministro, com o objetivo de ser uma estrutura setorial de informação.  Em maio de 1970, as DSI passaram à subordinação do SNI, e não mais à Secretaria-Geral do Conselho de Segurança Nacional, fato reforçado pelo Decreto nº 75.640, de 22 de abril de 1975, que determinou que as DSI integravam "o Sistema Nacional de Informação e Contra-Informação (SISNI)". No decreto, foram criadas três categorias de DSI, cuja diferença era dada pelo número de funcionários e, ainda, determinou que os seguintes ministérios deveriam organizar suas respectivas DSI. Também determinou a instalação, nos órgãos vinculados e empresas públicas, das Assessorias de Segurança e Informações (ASI) que eram subordinadas às DSI de seu ministério. A independência da DSI em relação ao ministério em que se instalava era expressa por receber dotação orçamentária que era gerida pela própria Divisão, assim como o SNI administrava seu próprio orçamento.


registrado em:
Fim do conteúdo da página